A Felicidade Está Dentro de Você!

Eu queria te apresentar a felicidade. Queria te mostrar que ela não está nos diplomas ou na quantidade de carimbos que você tem no passaporte e muito menos na sua TV de plasma ou celular de última geração. A felicidade está no por do sol, naquela noite linda e estrelada. Ela está na paz consigo mesmo. Aquela paz que você sente quando está com seu violão, a cantarolar músicas aleatórias. Está naquela flor bonita que você passa correndo por ela todos os dias e não enxerga.

A felicidade está dentro de você, quando você é sincero consigo mesmo, com seus sentimentos e desejos. Quando você deixa de se importar com que os outros pensam.

Meu bem, cada um tem o direito de pensar o que quiser e viver como bem quer, porque a vida, cada um tem a sua e tem o direito de fazer o que quiser dela! Mas ninguém pode viver sua vida por você ou sentir o que você sente e nem desejar o que você deseja. O que os outros pensam não faz diferença quando você sabe o que quer. E você, sabe?

Vai viver na sombra dos outros até quando? Quando você vai assumir seus sentimentos, suas vontades e abraçar sua felicidade?

Pare de viver do passado, do que doeu e do que foi difícil. Use tudo isso para amadurecer, para mudar o que tem que ser mudado. Eu não posso te falar que só se vive ESTA vida uma vez e você sabe disso. A vida não termina quando seu coração para de bater, mas a oportunidade, a graça DESTA vida está em suas mãos e de mais ninguém.

Desculpe ter te assustado com minhas verdades, com minha simplicidade de viver e meu jeito de amar. É que eu não sei ser de outro jeito. Sou assim! Gosto da minha TV de tubo, de namorar a natureza, de colocar as pernas por ar e ler um bom livro deitada com minhas cachorras. Gosto de passar horas vendo séries e depois contaminar as outras pessoas para fazer o mesmo e eu ter com quem discutir e discordar e concordar… E concordar em discordar também. Gosto dos momentos simples! Gosto de uma boa conversa, regada à cerveja, vinho ou até mesmo um bom café. Gosto de olhos nos olhos, de fazer as pessoas rirem e gosto de deixar quem e amo livre! Porque isso, isso é amor!

Te falei que tenho pena de você por não saber amar, mas eu errei. Tenho pena de você por não saber ser amado, cuidado, querido e mimado. E pior, não saber como retribuir… Tenho pena por você não saber amar e ser amado. Tenho pena por você se acomodar com que é mais fácil, fazendo sua caminhada ainda mais difícil.

Sim, você sabe ser diferente, só tem medo de encarar isso. Tem medo de dizer não para os outros e fazendo isso, acaba dizendo não para você mesmo. Sua felicidade meu bem, está em suas mãos. Então assim como a lagarta, você precisa sair do casulo e eu tenho certeza que sua transformação será mais bonita do que a da borboleta.

Devaneios – O REcomeço!

Recomeçar! Todo início tem um fim, mas o fim também pode ter um começo ou… Recomeço! Revolvi voltar a escrever e ao contrário das pessoas consideradas normais, minha resolução não é de ano novo e sim de fim de ano. Não vou voltar a escrever necessariamente de moda, beleza e maquiagem, vou escrever sobre a vida. O devaneios será agora de devaneios. Causos, contos, “textão”, textinho, frases e pensamentos.

Algumas pessoas devem estar se perguntando o por que de eu não querer mais escrever sobre moda e cia. Eu respondo: Porque eu mudei! Gosto de moda, amo maquiagem (cada dia mais), beleza, etc, mas não é meu foco. Não é isso que quero compartilhar, não é por isso que eu quero ser reconhecida.

Continuo tendo amigas do mundo blogger e as admiro cada dia mais. Acompanho o blog delas e alguns outros (sempre que possível). Adoro ler sobre moda, sobre os novos produtos lançados, mas definitivamente não quero escrever sobre isto. Talvez com o tempo eu mude de ideia, talvez não.

O fato é que quero voltar a escrever, estou aberta a parcerias, marcas que queiram cuidar de mim, mas isso será divulgado em minhas redes sociais e não aqui. Aqui terão muitas palavras para você ler, pensar, se emocionar e compartilhar (assim eu espero)

Eu amo escrever, mas preciso de inspiração e morro de raiva, que as ideias surgem sempre em horário impróprios, quando eu deito para dormir, por exemplo. Vem textos completos em minha cabeça e eu fico preguiça de levantar e escrever. Vou dormir com o celular, notebook, livro, papel e caneta do lado, para sempre ter algo para vocês por aqui.

Às minhas amigas que me incentivaram e me pediram para voltar a escrever, meu muito obrigada. Àqueles que não queriam que eu voltasse e não gostam dos meus textos, sinto muito! Na verdade, não sinto nada! Sinto que tenho um dom e preciso amadurecê-lo. Sinto que posso contribuir com minhas frases, textos e brincadeiras. Sinto que às vezes é bom falar sério e outras vezes é bom brincar, falar besteira. Ter uma conversa de amigos, sabe?

Enfim, estou de volta e vocês vão ter que me aturar. Querem que eu escreva sobre algo específico, ou quer me mandar um caso para eu transformar em um conto ou quer fazer uma parceria? Me manda e-mail: luh@devaneiosdeumacamaleoa.com.

Ah, e não esqueçam de seguir o IG do devaneios @devaneiosdeumacamaleoa e a página no facebook com o mesmo nome.

É isso! Me sigam, comentem, falem, briguem, mas se comuniquem comigo. Também estou aceitando pitacos e conselhos, totalmente aberta à opinião de vocês.

Kissus baby’s e até logo!

Críticas: precisamos mudar….

Ando com preguiça de certas coisas. Revistas para vender bem criam manchetes e as matérias muitas das vezes não tem muito valor.

Vou começar com a vida dos famosos: “Grazi Massafera aparece em evento com depilação vencida”. Vamos analisar:

grazi massafera linda

Grazi Massafera é:

( ) uma boneca

( ) um personagem

( ) ser humano

Quem escolheu a ser humano acertou. Você nunca ficou com a depilação vencida? Você anda sempre impecavelmente depilada, com a sobrancelha sem um fio sobrando e sempre perfeitamente linda? Não, tenho certeza que não. Você pode ser naturalmente linda, mas PERFEITA não! E nem queira… Deve ser um saco ter que estar impecável o tempo todo. Então deixa a Grazi depilar no dia que ela quiser minha gente. Isso pra mim é falta do que publicar.

Outra coisa: camisa jeans é tendência, calça jeans é tendência. Camisa branca está na moda ou saia é o novo ‘hit’. Você é quem faz sua moda e aprendam, existem peças e cores que são clássicas. E vou além, você tem um estilo próprio e isso é o que importa. Você é livre para decidir o que é tendência em sua vida ou não. Acho bacana estar por dentro da moda, acompanhar e entender. Mas acho um saco sair nas ruas e ver todo mundo com roupas iguais, sem criatividade e estilo.

tendencia

Claro que um pouco de bom senso não faz mal a ninguém, mas isso não quer dizer que você tenha que usar tudo que está na moda. Imagine uma situação. A moda agora é calça saruel, ok? Daqui um ano, a calça saruel não está mais em alta, mas continua lá no seu guarda-roupa. E agora? O que fazer? Jogar fora? Ou deixar lá ocupando espaço, sem utilidade nenhuma? Na minha nada singela opinião, a calça é minha e eu uso quando eu quiser.

Mudando a manchete: modelo ou atriz aparecem com celulite na praia. Claro minha gente! Toda mulher tem celulite e isso não é vergonha nenhuma.

celulite

Volto à questão, antes de serem modelos e atrizes, elas são mulheres e sofrem com todos os males que nós, MULHERES sofremos: efeito sanfona, gordura localizada, olheiras, estrias etc. Então deixe as moças serem felizes com seus furinhos. A gente vê coisas muito piores nas ruas e não reclamamos e nem ficamos fazendo alarde nas redes sociais por isso. Ok, muitas vezes fazemos, mas a proporção é bem menor.

Aí vem a última questão. Por que essas matérias estão sempre em destaque? Ou, por que fazem tanto sucesso? Eu respondo: porque o brasileiro gosta disso. Ama criticar, fofocar e tomar conta da vida alheia. Somos um bando de hipócritas. Muitas vezes culpamos os jornalistas, quando na verdade a culpa é nossa. Temos que reeducar o ser humano, mudar os hábitos e valores. Sim, a fofoca existe desde que o mundo é mundo, mas temos que ter um limite e aprender a investir no que acrescenta, no que nos faz bem.

E o que te incomoda no ‘jornalismo’ atual?