Saudade….

http://1.bp.blogspot.com/_rLi-pHDl2vg/TAPgjICfQoI/AAAAAAAAAZk/b0mcS4tUqQg/s320/sentimentos.jpg

Saudade de tudo…

saudade da infância…

do pique esconde

de jogar amarelinha

de pular na piscina de bolinha!!

saudade da adolescência

dos problemas fúteis

das festas sem motivo

do riso solto

dos namoricos escondidos

de quando estudar para a prova era o maior problema!

Saudade dos amigos de infância…

dos amigos de adolescência

e até de amigos atuais…

saudade quando tempo não era o problema…

ai.. saudade

dos relacionamentos antigos,

das brigas e principalmente de fazer as pazes

tanta saudade de coisas que vivi,

mas a saudade que dói mais, é de tudo que não vivi…

:-***

Luh

Depois de um longo período.. mais um desabafo…


Dois meses se passaram… muita coisa aconteceu. Me ausentei porque estou cansada, vocês já leram meus posts e perceberam o quanto eu reclamo e lamento? Estou cansada disso. Mas não adianta, todos nós temos problemas, cada um com seu cada qual não é mesmo? É engraçado como a vida e o tempo nos mostram as coisas como elas realmente são. Quando eu era pequena, adorava viver no ‘fantástico mundo de Bob’ ou melhor … de Luanna né?! Idolatrava meu pai, falava para todos que ele era o melhor pai do mundo, que fazia tudo por mim e tal, quando a gente cresce não dá mais pra viver assim. 

Quando meu pai se separou e foi morar comigo achei que seria uma ótima oportunidade de nos conhecermos de verdade (isso eu já tinha 25 anos). Hoje, com a realidade esfregando tudo na minha cútis, vejo tudo tão diferente e tão duro e tãooooo triste sabe? Quando meu pai era casado com a mãe do meu meu irmão, eu a culpava pela falta de relacionamento com meu pai e hoje vejo que o maior culpado disso é ele. Não posso mais me enganar, fantasiar, fingir que nada acontece. Estou velha demais pra isso e pior, até devo desculpas a ela.

Vou contar pra vocês, algumas coisas vou repetir, me perdoem, mas eu preciso falar. Meu pai é o filho caçula de 5 filhos. A minha tia que faleceu, Zelinda, foi uma segunda mãe para ele. Ela sempre mimou demais, sempre limpou a bagunça dele, ou seja, toda merda que ele fazia ela ia lá e consertava. Algumas vezes conseguia, outras não, comigo por exemplo funcionou durante um tempo, agora não mais. Meu pai nunca teve que correr atrás de nada na vida dele sabe? Sempre tinha alguém ( e ainda tem) pra fazer com ele. Sempre morou com minha Vó, nunca teve que fazer nada na casa dela, ela dava tudo na mão do filho predileto dela (mesmo ela com alzheimer, continua sendo). Se houvesse uma prega mal passada na camisa dele, ela tinha que passar de novo. Saiu da casa da vovó pra casar. A Raquel já tinha o apartamento praticamente montado e eles ganharam o resto de presente de casamento. Outra vez ele não teve que correr atrás de nada. Quando se separou, eu já morava sozinha há 3 anos e tinha acabado de voltar para BH, ele foi morar comigo. Nem o quarto dele, ele não teve que montar, pois minha tia Zelinda ( que Papai do Céu a tenha) comprou tudo pro quarto dele. Então lá em casa HOJE, o que não fui eu que corri atrás e comprei, foi minha falecida tia quem comprou pra ele. Com essa resumo feito vamos à atulidade.Estou fazendo faculdade e nunca estive tão apertada financeiramente como agora. Sabe quando o dinheiro não sobra, ou melhor, falta? Pois é, assim está sendo. Eu ajudo nas despesas da casa e estou pagando como posso, quando tenho dinheiro ou quando sobra e o bonito do meu pai anda reclamando de mim e nem é comigo, pois ele não fala nada lá em casa. Vai na casa da minha tia e fala: ” A Luanna não pagou o clube, a net ligou cobrando”, mas é incapaz de perguntar: ” minha filha o que está acontecendo? você precisa de ajuda?” Hahahahaha, sonho meu né? Ou seja, enquanto eu pagava tudo direitinho, dividia as contas com ele era uma ótima filha, e agora? Sou o que?

Um detalhe delicado…. É triste e irônico. Acreditam que meu PAI, há uns meses atrás, andou falando na casa das minhas tias que sou gay? Isso mesmo, lésbica! Sapata! Olha o tanto que esse ser que me trouxe ao mundo me conhece?! Tá.. não to namorando há um tempo, não sou de ficar com um e com outro, sou seletiva, sou chata mesmo.. mas sapatão? E outra, se eu tivesse cada semana com um eu ia ter outro título, não é mesmo? Difícil de agradar.

Machuca sabe? Como já falei pra vocês, meu relacionamento com minha mãe já não é bom e agora essa ‘coisa’ com meu pai? Devo ser uma pessoa muito ruim e difícil mesmo. Me sinto tão mal com isso. Mas hei de vencer! 

Vou ficar o resto do ano apertada, pois só formo no fim do ano. Vou aguentar essa situação mais um ano, mas vou superar, vou conseguir e ninguém vai me derrubar. 

Me desculpem mais um post de reclamações, mas precisava desabar…. 

beijos