A Vida e Eu!

               Tive a crise dos 28, dos 29 e agora dos quase 30! Acho que vou tomar o lugar da Crisenta! Vivo em crise! Brincadeira!!! Mas é sério, daqui exatamente 1 mês e 12 dias faço 30, 30 anos minha gente! Dizem que quando a mulher faz 30 anos, ela vira mulher realmente, deixa de lado a menina, a adolescente. Eu não quero isso pra mim, mas é a triste realidade. Os anos pesam sobre meus ombros e a responsabilidade também.

                Talvez seja esse o motivo da minha angústia nos últimos meses. Paro, olho para trás e não vejo nada que eu tenha construído, me sinto uma mulher ‘falida’. Não estou reclamando ou lamentando, minha vida não foi fácil e acho que nunca será, mas não tenho medo de enfrentar nada. A mulher que sou hoje, com todas as qualidades e defeitos, foi montada pela vida, com suas dificuldades, com vários tombos, mas também com várias voltas por cima. Posso fraquejar, posso chorar, posso me calar, mas jamais vou desistir de lutar.

                Quando eu era criança, vivia planejando meu futuro. Ia sair do colégio aos 17, fazer medicina, especializar em pediatria e com 25 anos já seria uma pediatra de sucesso. Como a vida nunca é como planejamos, nem perto da medicina eu passei. A única semelhança hoje com a minha infância / adolescência é minha paixão por crianças e a descrença no casamento. Eu queria já estar formada, estabilizada, totalmente independente! Morando no meu apartamento, dirigindo o meu carro e viajando para lugares diferentes durante as férias. Queria um Homem ao meu lado que me completasse, que fosse meu companheiro, sem véu nem grinalda, apenas unidos pelo nosso sentimento. Mas na realidade moro com meu pai, vou me formar só no fim do ano, não tenho carro e nem carteira. Tenho dívidas, acumuladas juntamente com os anos (risos). Namorado? Vixi! Já tive , hoje só tenho um coração cheio de cicatrizes, mas feliz por ter vivido momentos felizes.

                As responsabilidades… elas só aumentam com o tempo. Saio de casa às 07:15, trabalho o dia todo, faço academia( tenho que cuidar de mim também né?) e vou pra faculdade, chego em casa às 23hs. Os trabalhos aumentam, as cobranças aumentam, as contas aumentam, a única coisa que não aumenta é o salário e o reconhecimento. Tento dar o máximo de mim em tudo aquilo que faço, seja no profissional, no amor, na amizade, enfim, na vida.  

                Cobro de mim o tempo todo! Tenho que sempre fazer melhor, tentando ajudar a todos. Mas nem sempre isso é positivo, muito pelo contrário. As pessoas me vêem como uma pessoa forte, quase uma fortaleza, por causa da armadura que construí durante a vida. Essa armadura foi tão bem montada, que as pessoas acham que nunca posso estar triste, que sempre vou superar tudo, que nunca preciso de nada sendo que na maioria das vezes, meus olhos gritam por socorro, por atenção, por carinho. Acham também que estou bem sempre, que vou estar sempre ‘disponível’, a qualquer hora, de qualquer maneira e não estou. Preciso às vezes me recolher, me guardar, me entender e acho que essa crise dos quase 30, tenho me recolhido com mais freqüência.

                Apesar de tudo, das minhas frustrações, até que me orgulho de mim. O pouco que fiz, que aprendi e que sou depois desses quase 30 anos, não foi ninguém que me ensinou. Fui eu e a vida, nós duas juntas. Aprendendo com cada lição, levantando devagar depois de cada tombo, limpando as lágrimas, valorizando os sorrisos… Poderia ter sido diferente? Poderia ter sido como planejei? Claro que poderia! Mas não foi, e mais uma vez eu e a vida vamos ter que resolver isso. Aceitação… mais uma meta. Aceitar que não foi como planejei, mas que um dia poderá ser! Afinal, são só quase 30, ainda tenho muito pela frente! 

O mundo sem as mulheres – Arnaldo Jabor

O mundo sem mulheres! 
O cara faz um esforço desgraçado para ficar  rico pra quê? 
O sujeito quer ficar famoso pra quê? 
O indivíduo malha, faz exercícios pra quê? 
A verdade é que é a mulher o objetivo do homem. 
Tudo que eu quis dizer é que o homem vive em função de você. 
Vivem e pensam em você o dia inteiro, a vida inteira. 
Se você, mulher, não existisse, o mundo não teria ido pra frente. 
Homem algum iria fazer alguma coisa na vida para impressionar outro homem, para conquistar sujeito igual a ele, de bigode e tudo. 
Um mundo só de homens seria o grande erro da criação. 
Já dizia a velha frase que ‘atrás de todo homem bem-sucedido existe uma grande mulher’. 
O dito está envelhecido. Hoje eu diria que ‘na frente de todo homem bem-sucedido existe uma grande mulher’. É você, mulher, quem impulsiona o mundo. 
É você quem tem o poder, e não o homem. 
É você quem decide a compra do apartamento, a cor do carro, o filme a ser visto, o local das férias. 
Bendita a hora em que você saiu da cozinha e, bem-sucedida, ficou na frente de todos os homens. 
E, se você que está lendo isto aqui for um homem, tente imaginar a sua vida sem nenhuma mulher. 
Aí na sua casa, onde você trabalha, na rua. Só homens. 
Já pensou? 
Um casamento sem noiva? 
Um mundo sem sogras? ( Tá aí um ponto positivo rsrs) 
Enfim, um mundo sem metas. 

(Arnaldo Jabor)

ALGUNS MOTIVOS PELOS QUAIS OS HOMENS GOSTAM TANTO DE MULHERES: 
1- O cheirinho delas é sempre gostoso, mesmo que seja só xampu. 
2- O jeitinho que elas têm de sempre encontrar o lugarzinho certo em nosso ombro, nosso peito. 
3- A facilidade com a qual cabem em nossos braços. 
4- O jeito que tem de nos beijar e, de repente, fazer o mundo ficar perfeito. 
5- Como são encantadoras quando comem. 
6- Elas levam horas para se vestir, mas no final vale a pena. 
7- Porque estão sempre quentinhas, mesmo que esteja fazendo trinta graus abaixo de zero lá fora. 
8- Como sempre ficam bonitas, mesmo de jeans com camiseta e rabo-de-cavalo. 
9- Aquele jeitinho sutil de pedir um elogio. 
10- O modo que tem de sempre encontrar a nossa mão. 
11- O brilho nos olhos quando sorriem. 
12- O jeito que tem de dizer ‘Não vamos brigar mais, não..’ 
13- A ternura com que nos beijam quando lhes fazemos uma delicadeza. 
14- O modo de nos beijarem quando dizemos ‘eu te amo’. 
15- Pensando bem, só o modo de nos beijarem já basta. 
16- O modo que têm de se atirar em nossos braços quando choram. 
17- O fato de nos darem um tapa achando que vai doer. 
18- O jeitinho de dizerem ‘estou com saudades’. 
19- As saudades que sentimos delas. 
20- A maneira que suas lágrimas tem de nos fazer querer mudar o mundo para que mais nada lhes cause dor.
 

Dia Internacional da Mulher




História do 8 de março

No Dia 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos, situada na cidade norte americana de Nova Iorque, fizeram uma grande greve. Ocuparam a fábrica e começaram a reivindicar melhores condições de trabalho, tais como, redução na carga diária de trabalho para dez horas (as fábricas exigiam 16 horas de trabalho diário), equiparação de salários com os homens (as mulheres chegavam a receber até um terço do salário de um homem, para executar o mesmo tipo de trabalho) e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho.

A manifestação foi reprimida com total violência. As mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas, num ato totalmente desumano.

Porém, somente no ano de 1910, durante uma conferência na Dinamarca, ficou decidido que o 8 de março passaria a ser o “Dia Internacional da Mulher”, em homenagem as mulheres que morreram na fábrica em 1857. Mas somente no ano de 1975, através de um decreto, a data foi oficializada pela ONU (Organização das Nações Unidas).

Objetivo da Data 

Ao ser criada esta data, não se pretendia apenas comemorar. Na maioria dos países, realizam-se conferências, debates e reuniões cujo objetivo é discutir o papel da mulher na sociedade atual. O esforço é para tentar diminuir e, quem sabe um dia terminar, com o preconceito e a desvalorização da mulher. Mesmo com todos os avanços, elas ainda sofrem, em muitos locais, com salários baixos, violência masculina, jornada excessiva de trabalho e desvantagens na carreira profissional. Muito foi conquistado, mas muito ainda há para ser modificado nesta história.

Conquistas das Mulheres Brasileiras 

Podemos dizer que o dia 24 de fevereiro de 1932 foi um marco na história da mulher brasileira. Nesta data foi instituído o voto feminino. As mulheres conquistavam, depois de muitos anos de reivindicações e discussões, o direito de votar e serem eleitas para cargos no executivo e legislativo.

Marcos das Conquistas das Mulheres na História 

·         1788 – o político e filósofo francês Condorcet reivindica direitos de participação política, emprego e educação para as mulheres.

·         1840 – Lucrécia Mott luta pela igualdade de direitos para mulheres e negros dos Estados Unidos.

·         1859 – surge na Rússia, na cidade de São Petersburgo, um movimento de luta pelos direitos das mulheres.

·         1862 – durante as eleições municipais, as mulheres podem votar pela primeira vez na Suécia.

·         1865 – na Alemanha, Louise Otto, cria a Associação Geral das Mulheres Alemãs.

·         1866 – No Reino Unido, o economista John S. Mill escreve exigindo o direito de voto para as mulheres inglesas

·         1869 – é criada nos Estados Unidos a Associação Nacional para o Sufrágio das Mulheres

·         1870 – Na França, as mulheres passam a ter acesso aos cursos de Medicina.

·         1874 – criada no Japão a primeira escola normal para moças

·         1878 – criada na Rússia uma Universidade Feminina

·         1901 – o deputado francês René Viviani defende o direito de voto das mulheres.

Parabéns a todas nós mulheres!! 

beijos Luh

TPM


Sensação que o mundo vai acabar antes da menstruação…
É isto que a maioria das mulheres que tem TPM sente.
Também chamada de desordem disfórica pré-menstrual, ou carinhosamente TPM, atinge aproximadamente 75% das mulheres.
No entanto apenas 8% das mulheres tem sintomas muito intensos. ( eu faço parte desses 8%) 





Sintomas 



Sintomas da TPM

  1. depressão, sentimento de desesperança, pensamentos auto-depreciativos;
  2. ansiedade, tensão, nervosismo, excitação;
  3. fraqueza afetiva, tristeza repentina, choro fácil, sentimento de rejeição;
  4. raiva ou irritabilidade persistente, aumento dos conflitos interpessoais;
  5. diminuição do interesse pelas atividades habituais;
  6. sensação de dificuldade de concentração;
  7. cansaço, fadiga fácil, falta de energia;
  8. acentuada alteração do apetite;
  9. distúrbios do sono;
  10. sensação de estar fora do próprio controle;
  11. inchaço e/ou sensibilidade mamária aumentada;
  12. dor de cabeça;
  13. dores musculares;
  14. ganho de peso ou sensação de inchaço;

No entanto para ser considerada doença, e portanto sujeita a tratamento, é importante que estes sintomas de fato interfiram nas atividades habituais da mulher e que os mesmos ocorram na fase pré menstrual e não em todo o ciclo.



Causas da TPM

Muitas hipóteses tem sido feitas a respeito das causas desta doença mas, atualmente, o que parece prevalecer é que sejam influências hormonais normais do ciclo menstrual que interfiram no sistema nervoso central.
Parece haver uma íntima relação entre os hormônios sexuais femininos, as endorfinas (substâncias naturais ligadas a sensação de prazer) e os neurotransmissores tais como a serotonina.
É importante ressaltar que esta síndrome acompanha a menstruação normal da mulher.

Tratamento da TPM

Por se tratar de uma síndrome, não existem tratamentos específicos já que os sintomas variam muito de intensidade para cada mulher.
Resultados não cientificamente comprovados mostram que a vitamina B6 ( Piridoxina ), a vitamina E, o cálcio e o magnésio podem ser usados com melhora dos sintomas.
Outro medicamento é o ácido gama linoléico que é um ácido graxo essencial. Pode ser encontrado no óleo de prímula. Existem advertências sérias do FDA americano a respeito de medicações alternativas naturais e de possíveis efeitos colaterais graves, portanto este, como qualquer outro medicamento, mesmo “natural”, só deve ser usado mediante prescrição médica.
Na verdade, este é o melhor caminho para o tratamento da TPM: Consultar um médico ginecologista e descrever para ele todos os sintomas que a mulher sente antes e depois da menstruação.
O melhor medicamento é o que, sozinho ou associado, reduza os sintomas. Como esta síndrome está ligada à ovulação, muitas mulheres podem se beneficiar do uso da pílula anticoncepcional que suspende a ovulação. Nos Estados Unidos, a FDA aprovou a pílula  com Drosperinona e Etinilestradiol  para mulheres que tem sintomas de TPM e desejam uma anticoncepção hormonal.


Já nos casos graves de desordem disfórica pré-menstrual é necessária uma medicação mais específica sendo que a medicação usada com melhores resultados são os anti-depressivos. Estudos recentes mostram que esta medicação usada na menor dose possível e durante a fase de tensão pré-menstrual tem melhorado muito a qualidade de vida das mulheres que experimentam esta disfunção. Também nestes casos a pílula anticoncepcional com Drosperinona e Etinilestradiol  pode ser usada.



O importante é que se entenda que esta não é uma doença mas sim uma alteração fisiológica do ciclo menstrual feminino e que pode ser resolvida com medidas simples por parte do seu médico assistente.



Mitos e verdades sobre a TPM 


Algumas mulheres podem ter TPM durante o mês inteiro?
Mito. “A tensão pré-menstrual é cíclica e ocorre apenas cerca de 10 a 14 dias antes da menstruação. Não ocorrendo nem antes, nem depois deste período.”

Toda mulher tem retenção de líquidos?
Verdade. “A retenção de líquidos geralmente ocorre nas mamas, cérebro e abdome e pode resultar em sintomas como: dor de cabeça, dor nas mamas e dor embaixo do ventre. Porém, algumas mulheres podem ter mais retenção, e outras menos.”

Chocolate melhora a TPM?
Mito. “Neste período, a mulher sente mais compulsão por comer doces, por conta dos níveis de serotonina (hormônio que melhora o humor), e alimentos com carboidratos. As pessoas que são chocólatras, aproveitam esta fase para consumir mais chocolates. Porém, a influência do chocolate no bom humor tem uma curta duração.”

Pode ocorrer aumento de peso durante esse período?
Verdade. “No período pré-menstrual e menstrual, é esperada uma variação de peso em até dois quilos. Isso acontece por conta da diminuição da urina e retenção de sal e água no corpo. A volta ao peso normal acontece logo após a menstruação.”

Exercícios físicos influenciam diretamente na TPM?
Verdade. “Os exercícios físicos liberam os hormônios serotonina e endorfina (também responsável pela melhora do bom humor) que ajudam a aliviar o stress.”

Durante a TPM, é normal ter dores de cabeça?
Verdade. “Esse é um sintoma comum. Algumas mulheres costumam sentir dores de cabeça na fase pré-menstrual. Isso ocorre por conta da retenção hídrica cerebral.”

Mulheres ficam mais sensíveis durante a TPM?
Verdade. “Por dominância do hormônio progesterona, como acontece também na gestação, a mulher fica mais sensível.”

TPM não tem cura?

Mito. “Existe um tratamento em que se altera o pico ovulatório de LH (hormônio luteinizante), podendo mudar a memória do organismo, mantendo a mulher em amenorréia (suspensão da menstruação) com o uso de implantes hormonais de progesterona. O tratamento pode ser feito dois anos após a primeira menstruação.”